Grande Down - MMORPG, POKÉMON GO, DESIGN E GAMER

Olá Convidado, seja bem vindo ao Grande Down, aqui você encontra tudo o que precisa, tire suas dúvidas, peça criações gráficas, faça amizades, poste suas opiniões, divulgue seu trabalho.

Para ter acesso amplo ao conteúdo do fórum terá que se registrar, e é totalmente gratuito, para isso, clique em "registrar-se" abaixo.
Bem-vindo ao Grande Down!
Cadastre-se agora para ter acesso a todos os nossos recursos. Uma vez cadastrado e logado, você será capaz de criar tópicos, postar respostas a tópicos já existentes, a reputação de seus companheiros, começar seu próprio mensageiro privado, atualizações de status, gerir o seu perfil e muito mais. Esta mensagem será removida após ter efetuado o Login.
Login em sua conta Criar conta

Foto

[Outros] Entendendo a linguagem dos cães



  • Por favor, inicie sesión para responder

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1
Convidad
em Qui 17 Nov - 14:54




Convidado

A linguagem corporal usada pelos cães domésticos, vem se aprimorando através dos séculos.
Os lobos tiveram que desenvolver um sistema umtanto complexo para conseguirem se comunicar.
Certas posturas, expressõesfaciais, sons, cheiros ou odores específicos...

Muitas pessoas acreditam que quando o cachorro está balançando o rabinho é sinônimo de festa, mas acredite, nem sempre é.
Parece que não, mas eles tem várias maneiras de mexer o rabo.
O importante é observar todo o contexto, ou seja o corpo todo.
Segue algumas dicas para entender o seu cão:

- Cabeça e orelhas viradas para uma determinada direção: significa que o cão escutou algum barulho e quer localizá-lo e identificá-lo;

- Cauda balançando para os lados: se ela estiver na posição normal, significa alegria;

- Cauda levantada: o cão está pronto para a briga com outro cão;

- Cauda levantada e balançando: quer dizer alegria e segurança;

- Cauda baixa: insegurança;

- Cauda parada: inquietude;

- Cauda entre as pernas: medo;

- Cauda entre as pernas: o cão está precisando de alguma ajuda, porque está “apertado” para fazer as suas necessidades;

- Cheirar o rabo de outro cão:
é uma forma de conhecer outro cão e de o cumprimentar, além de o
identificar pelo seu cheiro pessoal, produzido pela sua glândula anal,
uma verdadeira “carteira de identidade”;

- Dar voltas e girar no mesmo lugar, antes de se deitar e, às vezes, arranhando o local (terra, tapetes, etc.)com as unhas:
é
um hábito adquirido dos seus antepassados selvagens que, assim,
preparavam a sua “cama” para dormir e que, para isso precisavam amassar o
capim e preparar o local para se deitar;

-Deitar de costas, com a barriga para cima. Os cães agem assim quando:
1 – estão muito alegres e querem brincar “dizendo”, com isso, como estão felizes com a brincadeira;
2
– se sentem ameaçados, portando-se como seus antepassados selvagens,
deitando-se de barriga para cima, para mostrar a cor clara do seu
ventre, em sinal de submissão;
3 – brigam e perdem, tomam essa posição, “se entregando”, indicando que não querem mais brigar;

- Destruir
os objetos que encontram: é uma forma de demonstrarem que estão se
sentindo sós, abandonados, desprezados e estão se vingando. Nos filhotes
isso é normal e eles o fazem para brincar. Basta “zangar” com eles para
que parem com esse comportamento;

- [b]Enterrando e escondendo objetos ou “coisas”
:
é um costume herdado dos seus antepassados, que precisavam esconder,
enterrando a comida que sobrava, para garantir a próxima refeição, caso
não conseguissem caçar uma nova presa;- Ficar se esfregando no dono,
principalmente na sua perna: significa que o cão que ser acariciado;

- Dar “cutucadas” com o focinho: é a maneira de chamar a atenção da pessoa que está perto dele para, geralmente, pedir alguma coisa;

- Lambidinha: é a maior prova de afeto que um cão, de qualquer idade, pode dar a uma pessoa, lambendo-lhe o rosto e as mãos;

- Latir sem parar:
significa que o cão está disposto a atacar algum intruso, homem ou
animal, para defender o seu “território”, seus pertences, sua comida,
sua fêmea, seu dono ou outra pessoa de sua família. Nesse caso, mostra
os dentes, fica com a cara e o focinho franzidos e as orelhas para traz,
mostrando que está pronto para atacar.

#2
Mr. Pride
em Qui 17 Nov - 20:14




Gold


Muito bom post! Parabéns Shetos vai me ajudar bastante
quando estiver brincando com o cachorro do meu avo ^^

#3
Admin
em Qui 17 Nov - 22:24




Lendário


Legal, achei interessante, valeu por compartilhar. ;)

http://grandedown.forumeiros.com

#4
Conteúdo patrocinado





Mensagem [Página 1 de 1]